17/02/2012 às 00h00

Por Thiago Pereira e Adriano Simões e André Carvalhal

De janeiro de 2009 a julho de 2010, a União concedeu R$ 180 bilhões em empréstimos ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Tais empréstimos permitiram ao banco dar sustentação ao vigoroso crescimento do orçamento de investimentos e viabilizaram a atuação anticíclica no contexto de aprofundamento da crise externa.

Para ver a matéria completa veja o Valor Econômico.

Advertisements